Estamos vivendo um momento de mudança tecnológica muito intensa. Com isso os fatores relacionados ao trabalho estão sento alterados rapidamente. Um dos itens que mais tem se mostrando prático é o trabalho em casa, chamado home office, cada dia mais comum.  Há algumas semanas o próprio INSS divulgou que abriu a possibilidade para os servidores trabalharem em casa. Diversas empresas tem optado por esta modalidade. 

A jornalista Eli Antonelli está desenvolvendo uma pesquisa sobre os ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA DE SUCESSO e tem analisado até mesmo esta mudança em escritórios de uma categoria extremamente tradicional. " Estamos participando de diversos debates com advogados renomados e em desenvovimento. Este fator home office antes era bem distante da realidade de advogados. Tão comum pensar em ter um escritório muito luxuoso para atração do cliente. Só que esta realidade não é mais comum. Hoje os escritórios jurídicos estão cada vez mais focados na tendência de pensar num formato mais próximo ao cliente em potencial e também estão optando pelo home office, conforme pesquisas qualitativas que estamos fazendo direto com os advogados". comenta a jornalista.

No segundo semestre o jornal síndico profissional irá publicar estas pesquisas. Mas, voltando ao nosso tema, a nossa preocupação é como os nossos síndicos profissionais tem trabalhado os problemas relacionados ao home office. Por exemplo, a atividade tem que constar no regimento interno. Ela pode ser proibida? Quais são os problemas que o home office traz ao condomínio residencial? 

Pensando nisso o Jornal Síndico Profissional traz mais uma vez nossa colunista advogada Vanessa Ponciano do escritório Stankievicz, Ponciano & Rachkorksy.

Confira o vídeo e deixe nos comentários as suas perguntas ou histórios sobre este tema.

Problemas com home office em condomínios ou adaptação parao futuro? Mais uma série do JORNAL SÍNDICO PROFISSONAL. Particpe. 







Post a Comment

Muito obrigado por seu comentário. Não esqueça de deixar seu NOME e CIDADE no seu comentário.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Deixe seu comentário

Deixe aqui seu comentário. Não esqueça de escrever seu nome e cidade. Sua opinião é muito importante para o JORNAL SINDICO PROFISSIONAL. Você pode escrever aqui ou enviar para jornalsindicoprofissional@gmail.com