Ticker

6/recent/ticker-posts https://4.bp.blogspot.com/-k_5709Vs9oQ/XdlGRqTmrjI/AAAAAAAAIPg/lAcnWzIB-RUcoOGJVVVuk84_8KHSslrrQCK4BGAYYCw/s1600/logo%2Bjornal.jpg

Header Ads Widget

jornalsindicoprofissional@gmail.com

Pesquisa de Remuneração do Síndico Profissional por cidades


Serviço gratuito para assinantes e leitores do jornal síndico profissional

Qual valor da remuneração do síndico profissional ideal?


Qual a remuneração do síndico profissional? Como não errar na proposta de remuneração para concorrer a um condomínio? Sim, muitos síndicos profissionais perdem a oportunidade de serem eleitos por não saber a média de cobrança do mercado condominial. O Clube Síndico Profissional - Coletivo Nacional de Síndicos do Brasil mantém um Programa de Pesquisa Aplicada de Remuneração em conjunto com a Brbrasis Condomínios - Agência Nacional de Pesquisa, Mentoria e Desenvolvimento de Profissionais de Alto Desempenho para Condomínios e Construção.

"Quais suas dúvidas sobre remuneração do síndico 

profissional? Deixe nos comentários".

A pesquisa sempre foi direcionada para os alunos e assessorados da Brbrasis Condomínios e para os associados do Clube Sindico Profissional. Numa iniciativa inédita o Jornal Síndico Profissional fez uma parceria com o Clube e com a Brbrasis. Nos meses de julho a outubro que antecede o maior período de troca de síndicos no Brasil que vai de março a abril, o Jornal Síndico Profissional também irá realizar a pesquisa aberta para todos os síndicos profissionais leitores do jornal e para os assinantes.

Solicite a pesquisa gratuitamente para sua concorrência
Para se beneficiar do serviço gratuito basta apenas se cadastrar e fazer a solicitação. Os dados do condomínio da pesquisa nunca são identificados. Somente os dados que compõe o preço.

#remuneraçãodesindico #sindicoprofissional #sindico #sindicos



Postar um comentário

0 Comentários

Deixe seu comentário

Deixe aqui seu comentário. Não esqueça de escrever seu nome e cidade. Sua opinião é muito importante para o JORNAL SINDICO PROFISSIONAL. Você pode escrever aqui ou enviar para jornalsindicoprofissional@gmail.com