Ticker

6/recent/ticker-posts https://4.bp.blogspot.com/-k_5709Vs9oQ/XdlGRqTmrjI/AAAAAAAAIPg/lAcnWzIB-RUcoOGJVVVuk84_8KHSslrrQCK4BGAYYCw/s1600/logo%2Bjornal.jpg

Header Ads Widget

jornalsindicoprofissional@gmail.com

É muito barato contratar um síndico profissional

Ontem (21) de janeiro abrimos um debate pela agência de Pesquisa Brbrasis referente a possibilidade de todos os condomínios do Brasil terem a experiência pelo menos 1 vez de contratar um síndico profissional. 


A maior parte das pessoas que responderam a discussão da Brbrasis afirmaram que não é possível pois é MUITO CARO CONTRATAR UM SÍNDICO PROFISSIONAL.

Pensando nesta afirmação que impende que milhares de condomínios no Brasil solicitem a contratação de síndico profissional o Jornal Síndico Profissional, o Clube Síndico Profissional e a agência de Desenvolvimento e Pesquisa de Síndico Profissional Brbrasis (Certificado de Síndico Profissional) realizam a discussão e afirmam é MUITO BARATO CONTRATAR UM SÍNDICO PROFISSIONAL

Discuta esta afirmação no link 

É muito barato contratar um síndico profissional? CONCORDA OU DISCORDA?. 

Segue a imagem da Campanha de Incentivo a Contratação de Síndico Profissional. Utilize a imagem e compartilhe se você concorda com a ideia. 

Se você discorda da ideia participe também do debate neste link 

https://www.facebook.com/clubesindicoprofissional/photos/a.1564350373813813/2448921552023353

Opinião 1 - José Lopes São Paulo
O caro ou barato está diretamente ligado no tamanho do empreendimento, nas condições de manutenção e documentação, no p eventual da inadimplência é, por último, na capacidade técnica, operacional, administrativa e conhecimento da área de recursos humanos. E o que eu penso.

Opinião 2 - Nelson Teixeira
Está mais que comprovado que esta função requer conhecimento técnico e capacidade de discernimento para que redunde em uma Boa administração. E pra isso tem um custo, que pode ser negociado até que se chegue a um numeral que agrade as partes.




Postar um comentário

2 Comentários

  1. Deve-se avaliar alguns fatores, e inicial, se o Síndico é proprietário no Condominio: vai estar mais presente. Quanto ao valor, pode variar, considerando o tipo de condominio, se horizontal (casas), ou vertical (edifício/s). O tipo edilício pode conter várias torres. Deve-se estar atento à saúde financeira do condomínio. O valor do trabalho do Síndico deve ser proporcional ao trabalho prestado para uma determinada quantidade de condôminos, dentro do espaço que chamamos de condomínio.
    Desnecessário uma fórmula matemática exata para determinar o salário do Síndico, porém tal deve estar assegurado na Convenção.
    Obg.
    Paulo Vaz

    ResponderExcluir
  2. Deve-se avaliar alguns fatores, e inicial, se o Síndico é proprietário no Condominio: vai estar mais presente. Quanto ao valor, pode variar, considerando o tipo de condominio, se horizontal (casas), ou vertical (edifício/s). O tipo edilício pode conter várias torres. Deve-se estar atento à saúde financeira do condomínio. O valor do trabalho do Síndico deve ser proporcional ao trabalho prestado para uma determinada quantidade de condôminos, dentro do espaço que chamamos de condomínio.
    Desnecessário uma fórmula matemática exata para determinar o salário do Síndico, porém tal deve estar assegurado na Convenção.
    Obg.
    Paulo Vaz

    ResponderExcluir

Muito obrigado por seu comentário. Não esqueça de deixar seu NOME e CIDADE no seu comentário.

Deixe seu comentário

Deixe aqui seu comentário. Não esqueça de escrever seu nome e cidade. Sua opinião é muito importante para o JORNAL SINDICO PROFISSIONAL. Você pode escrever aqui ou enviar para jornalsindicoprofissional@gmail.com