Sindico Profissional

6/recent/ticker-posts https://4.bp.blogspot.com/-k_5709Vs9oQ/XdlGRqTmrjI/AAAAAAAAIPg/lAcnWzIB-RUcoOGJVVVuk84_8KHSslrrQCK4BGAYYCw/s1600/logo%2Bjornal.jpg

Evento Dia do Síndico

Serenata no Ap – Projeto em época de pandemia envolve 9 condomínios e uma Comunidade em São Paulo


A nossa convidada de hoje para a editoria “Diário de Síndico na Pandemia é a síndica profissional Rosimeire Siqueira de Lima da RLima Síndica, empresa de sindicatura de São Paulo.  

A Rosimeire é síndica de um condomínio de 294 unidades no Bairro Barra Funda, além de diversos outros condomínios nos bairros Lapa, Vila Olímpia, Guarulhos e Morumbi.

Ela conta que não teve tantos desafios para atuar com a gestão condominial neste período da pandemia. 

Seus condôminos foram muito colaborativos nas ações. “Fechei os espaços de convivência, mantive obras só para emergências e não tive reclamação das ações realizadas”, conta ela.

Gestão de Funcionários na época da Pandemia
Com relação aos funcionários, Rosimeire destacou que adequou o horário da equipe de portaria para evitar que etilizassem transporte em horário de pico. "Neste condomínio que escolhemos para destacar na matéria há 3 profissionais de limpeza e 1 zelador. Todos estão na escala 12 x 36. Em todo o prédio é possível ter acesso a álcool em gel nos diversos dispenser instalados pelo condomínio", diz. 

O projeto SERENATA NO APÊ foi um dos diferenciais da ação da Síndica. Este projeto integra  09 condôminos, 01 vila e 01 comunidade. Confira abaixo mais detalhes desta iniciativa diferenciada.

Projeto Serenata no apê : Iniciou com uma conversa que a síndica teve com um condômino de uma atitude não positiva que ele havia cometido (nada referente a serenata). Ela conta que chamou o condômino para uma conversa que não começou bem, mas terminou de forma excelente com a origem do projeto. Isso demonstra a importância de gestão de conflitos nos condomínios. 

O projeto SERENATA NO APÊ tem uma página no instagram. São 9 condomínios que participam. Todo dia às 17h eles saem na janela para apreciar as apresentações. Rosimeire explica que este projeto integrou diversas pessoas que não se conheciam trazendo mais harmonia e esperança neste momento tão tenso que todos vivemos com a pandemia do coronavírus.

·        Pedimos a Rosimeire para citar outras ações que possam ser compartilhadas para ser exemplo a outros síndicos. Confira.

Feira Livre Condomínios Ampliada com a comunidade: O condomínio sempre teve uma feira pequena. Para atender a necessidade dos condôminos neste período de quarentena. Conseguimos autorização da subprefeitura da Lapa. Começamos uma feira livre de rua. Os condôminos que também vendem algum produto podem colocar sua barraca. A feira atende 6 condomínios e uma comunidade.



Projeto Vizinho Indica Vizinho: "Todo vizinho que faz algum serviço que possa ser contratado faz uma apresentação do seu trabalho e divulgamos nos grupos. Sabemos que não é permitido vendas dentro do prédio, este um procedimento proibido. Mas, nesta época temos que ter foco nas pessoas e como ajuda-las. Pensando em ajudar os condôminos na prática. Neste momento abrimos esta exceção e conseguimos aquecer a venda dentro dos prédios."

Temos food truck" Temos um foodtruck  fica na rua próxima ao condomínio há faz 1 ano. Eles vendem hambúrguer artesanal e havia várias mesas na calçada, foram retiradas. Neste período criaram um disk entrega para atender a todos os interessados em seu confinamento. O que antes ocorria só às sexta agora também há atendimento aos sábados. Nesta rua tem uma comunidade que foi inserida nos projetos. As pessoas da comunidade participam da feira livre e do foodtruck. Consome os produtos e também oferecem o que produzem."




Mande suas práticas e exemplos. Acesse wwww.clubesindicoprofissional.com.br
E clique no banner coronavírus x condomínios
Eli Antonelli, jornalista Jornal Síndico Profissional






Postar um comentário

0 Comentários

Deixe seu comentário

Deixe aqui seu comentário. Não esqueça de escrever seu nome e cidade. Sua opinião é muito importante para o JORNAL SINDICO PROFISSIONAL. Você pode escrever aqui ou enviar para jornalsindicoprofissional@gmail.com